Boris Kossoy - Busca-me - 13 de Março a 19 de Abril de 2013


Em Busca-me o voyeur segue sua caminhada em busca de personagens, lugares e situações pretensamente conhecidas. Vividas? Um roteiro imaginado, entre muitos outros, de situações, prazeres, amores, perfumes e dores que afetaram para sempre seus sentidos. Rememorações talvez? De qualquer modo, impressões/imagens fugazes que, vez ou outra, flutuam em nossas mentes, sem formas definidas, no entanto, curiosamente familiares. Passando por determinado lugar uma motivação interior o estimula a registrar algo, alguém. Intuição, quem sabe?

Registros de aflição e desejo se movem nos subterrâneos das memórias de vida; amnésia aparentemente indecifrável de histórias passadas. Grades a conter voos de descoberta sobre corpos imaginários ou esquecidos em sua intimidade, em sua sensualidade, em seus silêncios. Seres das representações a se confundirem com personagens da vida real. Criaturas do mundo real e de mundos paralelos a implorarem, a suplicarem por suas memórias anteriores. Memórias afetivas desfeitas que clamam por seu retorno qual entidades que pedem para ser tiradas do esquecimento e do desconhecimento. 

Busca-me na floresta e nos arbustos, no mar e nas montanhas, nas ruas e nas praças, nas casas e nos hotéis, pelas janelas, diante de espelhos, no interior de vitrines, nas telas do cinema e da TV e dos aparelhos eletrônicos.

Em Busca-me vemos personagens deste teatro imaginário onde coabitam seres dos dois mundos e imaginamos os espectadores com eles interagindo numa relação secreta e triangular. Janelas de onde olhei, janelas para onde olhei. Intimidades devassadas. 

Busca-me, território de ambiguidades e incertezas que amedrontam e seduzem à provocar o espectador-voyeur das imagens; à convidá-lo para uma imersão conjunta numa viagem fantástica. Uma viagem de resgate e reencontro, sofrida e amorosa, em busca de memórias nebulosas, embaçadas, entrelaçadas, enfeitiçadas...de outros tempos, perdidas na escuridão das mentes, formatadas à cada novo ciclo do trajeto de cada um. Busca-me...






 Curadoria: Diógenes Moura



“A clínica”
Da série viagem pelo fantástico
São Paulo, 1971
 
At the library 
São Paulo
2010 
 
Busca-me
Madri
2012
 
Portrait na Montanha
Da Série Viagem Pelo Fantástico
Serra Negra - SP, 1971
 
Retrato de Fê
Açores, Florianópolis - SC
2012
 
Sem título
Viena
2012
 
"Sabbat"
Segóvia
2012
 
Sem Título
Açores, Florianópolis - SC
2011 
 
Sem Título
Berlim Oriental
1988
 
Sem título
Bloomfield Village - Michigan
2011
 
Sem Título
Bloomfield Village - Michigan
2011 
 
Sem Título
Itapecerica da Sera - SP
1993
 
Sem Título
Madri
2012 
 
Sem Título
Madri
2012 
 
Sem Título
Nova York
2011 
 
Sem Título
Paris
1990
 
Sem Título
Praga
2012
 
Sem Título
Rio de Janeiro
2011
 
Sem Título
Viena
2012
 
Sem Título
Viena
2012
 
Sem Título
Viena
2012
 
Sem Título
Viena
2012 
 
Sem Título
Washington D.C
2011
 
Victoria´s Secret Potomac
Maryland
2011 
 
Sem Título
Nova York
2012
 
Sem Título
Washington D.C
2012
 
Sem Título
Madri
2012
 
Sem Título
Praga
2012
 
Sem Título
Madri
2012
 
Hommage à Gustav Klimt
Viena
2012
 
"Outros Tempos"
Da Série Viagem pelo Fantástico
Periferia de São Paulo - 1970
 
Belvedere
Viena
2012 
 
Vitrine Vive
Madri
2012
 

CMS Web Estúdio | Web Dinâmica | São Paulo | SP